Corpo e Saúde

Fibromialgia

Fibromialgia é uma condição que causa dor nos músculos, articulações, ligamentos e tendões. A dor ocorre em áreas chamadas de pontos hipersensíveis. Pontos dolorosos são comuns à frente dos joelhos, cotovelos, quadril e no pescoço.  

Fibromialgia afeta até 5% da população, incluindo crianças. Esta desordem pode ser herdada, o que significa que afeta muitas pessoas em uma família, portanto, você pode ter membros da família com sintomas semelhantes.

Sintomas da fibromialgia

sintomas fibromialgia

Um aumento da sensibilidade à dor é o principal sintoma da fibromialgia. Em pessoas com este transtorno também ocorrem muitos outros sintomas. Os sintomas aparecem e desaparecem. 

Você pode ter algum grau de dor constante, mas a dor pode agravar-se em resposta à atividade, estresse, mudanças climáticas e outros fatores. Você pode ter uma profunda dor ou uma dor ardente. Você pode ter contração muscular ou espasmos. Muitas pessoas têm dor que se move de um lado para outro no corpo ou seja a dor "migra". 

A maioria das pessoas com fibromialgia sente-se cansada ou desgastada, ou seja, elas sentem falta de energia. A fadiga pode ser leve ou muito grave. Você também pode ter dificuldade para dormir, o que pode aumentar a fadiga.

Além disso, você pode ter os olhos secos ou dificuldade em focalizar objetos próximos. Também podem ocorrer problemas com vertigem e problemas de equilíbrio. Algumas pessoas têm dor no peito, batimento cardíaco rápido ou batimentos cardíacos irregulares ou falta de ar.

Problemas digestivos também são comuns na fibromialgia e incluem dificuldade para engolir, azia, gases, cólicas, dores abdominais e períodos alternados de diarréia e constipação.

Algumas pessoas reclamam sobre o que acontece quando você urina: por exemplo, micção freqüente, sentindo um forte desejo de urinar e dor na região da bexiga. Mulheres com fibromialgia têm muitas vezes sintomas pélvicos, incluindo dor pélvica, períodos menstruais dolorosos e dor durante a relação sexual.

Depressão ou ansiedade podem ocorrer como resultado da constante dor e fadiga ou frustração com esta condição. Também é possível que os desequilíbrios químicos no cérebro mesmo que causam a fibromialgia também causam depressão e ansiedade.

Embora a fibromialgia provoque sintomas que podem ser muito desconfortáveis, seus músculos e órgãos não estão danificados. Esta condição não é uma ameaça à vida, mas é crônica, ou seja, é constante. Embora não haja cura, você pode fazer muitas coisas para se sentir melhor.

Vários medicamentos podem ajudar a aliviar sintomas da fibromialgia. Muitas dessas drogas são tomadas antes de deitar e melhoram o sono. Eles também ajudam com a dor e outros sintomas. 

Você provavelmente vai começar a notar os benefícios destes medicamentos em cerca de seis a oito semanas. Quando você começar a tomar essas drogas é muito comum sentir-se grogue na manhã seguinte. Outros possíveis efeitos incluem olhos e boca seca, pesadelos, prisão de ventre e aumento do apetite. Estes efeitos colaterais são piores quando você começar a tomar o medicamento e melhora com o tempo.

Para aliviar os sintomas, uma das melhores coisas que você pode fazer é aeróbica de baixo impacto. Exemplos deste tipo de exercícios incluem natação ou hidroginástica, andar de bicicleta ergométrica e exercícios em máquinas de exercícios que simulam esqui na neve. Você pode ter que começar em um nível muito baixo de exercício: cinco minutos de exercício a cada dois dias é útil no início. Continuar a aumentar a duração e a freqüência do exercício até que você esteja se exercitando por pelo menos 30 a 60 minutos quatro vezes por semana. Depois de chegar a este ponto, você pode considerar a mudança para exercícios de alto impacto, como caminhadas, jogging e tênis.

É importante diminuir o estresse e dormir bem já que a o estresse e falta de sono agrava os sintomas da fibromialgia. Álcool e cafeína fazem dormir mal, razão pela qual e não ingira estas substâncias antes de deitar.

Outras mudanças no seu estilo de vida pode ser útil. Por exemplo, tentar manter seu nível de atividade igual todos os dias. Muitas pessoas com fibromialgia tenta fazer tudo o possível em "dias bons" o que faz que tenham vários "dias maus". Se você mantém o mesmo nível de atividade, você pode não ter tantos "dias maus".

Compartilhe este conteúdo com seus amigos é só clicar no botão

Mais Artigos Corpo Saúde