Alimentos e Vitaminas para aumentar a imunidade do organismo

Aumentar a imunidade através das vitaminasAlimentos com vitamina C aumentam a produção de células brancas que auxiliam no combate de infecções do sangue e aumentam os níveis de interferon, o anticorpo forma película protetora das células impedindo a entrada de vírus.

Vitamina E

Fontes: amêndoas, brócolis, acelga, mostarda, azeitonas, mamão, girassol, nabo. A vitamina E estimula a produção natural de células "assassinas" (células que procuram e destroem bactérias e células cancerosas). A vitamina E aumenta a produção de células B, as células imunes que produzem anticorpos que destroem bactérias. A vitamina E também pode reverter parte do declínio na resposta imunológica comumente associado ao envelhecimento.

Carotenóides

As hortaliças de carotenóides são aquelas que apresentam cor amarela, laranja ou vermelha e contêm carotenos, como beta-caroteno. O betacaroteno aumenta o número de células que combatem as infecções. Os pesquisadores acreditam que não é apenas o beta-caroteno, que produz todos estes bons efeitos, mas todos os carotenóides trabalhando juntos. Os caretonóides presentes nos alimentos são mais protetores contra o câncer do que suplementos de betacaroteno.Você deve comer pelo menos cinco porções de frutas e legumes todos os dias.

Vitamina B12

Fontes: carne, cordeiro, leite, salmão, camarão entre outros. A vitamina B12 é central para os processos imunológicos porque, sem quantidade adequada de B12, as células brancas do sangue não podem amadurecer e se multiplicar. O ácido fólico também desempenha um papel fundamental no desenvolvimento do sistema imunológico e manutenção.

Tiamina (B1)

Fontes: aspargos, cereais, carne de porco, sementes de girassol, atum.

Riboflavina (B2)

Fontes: aspargo, fígado de vitelo, cereais, cogumelos alface, alface.

Niacina (B3)

Fontes: aspargos, peito de frango, cereja, cogumelos, carne de porco, salmão, tomate, atum.

Piridoxina (B6)

Fontes: pimentão, couve-flor, cereja, mostarda, atum, nabos.

Folato

Fontes: aspargos, beterraba, brócolis, fígado de vitela, lentilhas, salsa, alface, espinafres.

Zinco

Fontes: ostras, cogumelos, carne, legumes. Este mineral valioso aumenta a produção e a eficácia dos glóbulos brancos que combatem as infecções.. O zinco também aumenta as células "assassinas" que lutam contra o câncer e que ajudam os glóbulos brancos liberação de mais anticorpos. O zinco também aumenta o número de células-T que combatem as infecções, especialmente em pessoas idosas, que muitas vezes são deficientes em zinco e cujo sistema imunológico enfraquece, muitas vezes com a idade. A ação do Zinco no combate as infecções ainda é controverso. Enquanto alguns estudos afirmam que os suplementos de zinco na forma de pastilhas pode reduzir a incidência e a gravidade das infecções, outros estudos não demonstraram essa correlação. Uma palavra de cautela: zinco demais (mais de 75 miligramas por dia) na forma de suplementos pode inibir a função imunológica.

Cromo

Fontes: levedo de cerveja, ostras, fígado, cebola, cereais integrais, farelo de cereais, tomate, batata.Muitas pessoas não ingerem o cromo o suficiente em sua dieta, devido aos métodos de processamento de alimentos que removem o cromo que ocorrem naturalmente em alimentos comumente consumidos.Investigações recentes em cobaias animais mostram que o cromo pode aumentar a capacidade das células brancas do sangue para responder à infecção.

Selênio

Fontes:castanha do Brasil, arroz integral, queijo cottage, frango (carne branca), gema de ovo, alho, linguado, lagosta, cogumelos, carne de porco, salmão, camarão,  sementes de girassol, atum, cereais integrais. O selênio aumenta as células natural assassina e mobiliza as células no combate câncer de combate a células.